25 de setembro de 2014

Exercício de fotografia...

Frascos novos (velhos), adquiridos no mercado brocante do passado fim-de-semana, um ramo de flores e muita fotografia… 
Gosto destes exercícios de fotografia!! 




24 de setembro de 2014

Sob a luz da manhã...

Uma manhã de chuva pode revelar algumas surpresas…





Depois de uma intensa chuva, a descoberta destas flores que se encontram por todo o lado, permitindo algumas fotografias sob uma luz etérea...

O Regresso de Poirot...



Quando chega esta altura do ano, o Outono, aumenta a vontade de ficar no sofá, a beber chá (ou cappuccino) e a ler...normalmente, vontade de ler, ou melhor, reler Agatha Christie, passar mais algumas horas na companhia de famosos detectives como Hercule Poirot. A tentação, de passar mais tempo a desvendar mistérios com este velho ami, acaba por se desvanecer pois há uma lista de novos livros a descobrir. Este ano foi diferente! Na semana passada passei algum tempo a matar saudades, deste curioso detective, no novo livro de Sophie Hannah – “Os Crimes do Monograma”.

Há um ano, quando descobri que Poirot ia ser ressuscitado pela mão de outra escritora, que não a rainha do crime, inicialmente e como grande fã de Agatha Christie, não gostei da ideia. Mas, inevitavelmente, fiquei super curiosa de saber como seria a nova aventura e cheguei a imaginar como poderia ser.

E confesso que acabei por esperar com alguma ansiedade a chegada do novo livro… 
Quando comecei a ler este novo livro, achei que não estava a sentir a duquesa da morte naquelas páginas, talvez como seria de esperar, que aquela personagem tão familiar (Poirot) estava diferente, cheguei a achar que estava relacionado com a tradução. O tradutor que me perdoei. Mas, como leitora de Agatha Christie em diferentes edições e traduções (apesar de algumas pessoas criticarem a minha colecção) também sei que não é o mesmo que ler no original, que a tradução pode ter muita influência. (Sim, claro que eu podia ter tentado ler logo o original!)
À medida que a história se foi desenrolando, Sophie Hannah acabou por me surpreender. No entanto, o desfecho da história, a habitual exposição da solução do crime, por parte de Poirot, tornou-se confusa e até desinteressante, abandonei o livro por uns dias e levei mais tempo a ler a parte final que o restante livro. Algo que nunca aconteceu antes, pois as últimas páginas são aquelas que percorro com maior velocidade.

Senti que a escritora precisou de caracterizar excessivamente o Poirot, colocar todas as curiosidades e particularidades num só livro, aquelas características que os conhecedoras da obra de Agatha Christie foram avaliando ao longo de várias histórias. Mas, percebo igualmente  essa necessidade, pois há sempre novos leitores, os que possivelmente vão conhecer o brilhante detective belga, pela primeira vez, nas páginas do seu livro.

Apesar de gostar da maioria dos livros de Agatha Christie, reconheço que nem todos são excelentes, como tal, esta nova aventura de Poirot iguala-se a esses.

Acredito que este será o primeiro de muitos, que vamos continuar a acompanhar as aventuras de Poirot e bem sei que não vou resistir, que vou querer saber o que anda a investigar este mon ami.


"(…)Perguntei onde ele vivia, esperando que a resposta fosse "França"; descobri um pouco mais tarde que é belga e não francês. Em resposta à minha pergunta, ele caminhou até à janela, puxou a cortina rendada para o lado e apontou o edifício largo e elegante que ficava a trezentos metros, no máximo.
- Vive ali? - disse eu. Pensei que tinha de ser uma piada.
- Oui. Não quero estar longe de minha casa - explicou Poirot. - Agrada-me muito poder vê-la: é uma vista bonita! - Olhou para a mansão com orgulho, e por uns momentos perguntei-me se se esquecera de que eu estava ali. Então, ele disse: - Viajar é uma coisa maravilhosa. É estimulante, mas não repousante. No entanto, se não vou para algum lado, não haverá vacances para a mente de Poirot! O transtorno chegará de uma forma ou de outra. (…)"
Os crimes do Monograma - Sophie Hannah


23 de setembro de 2014

Pelas ruas de Sintra...

No passado fim-de-semana, mais uma caminhada pelas ruas de Sintra, para descobrir novos recantos, captar os detalhes que chamam à atenção e observar o desabrochar do Outono (que começou hoje)…







Outono...



Para dar as boas vindas ao Outono - Bolo de Aveia  (com compota de maçã e amêndoas…)

Ingredientes
200g de margarina
150g de açúcar
200g de farinha
250g de flocos de aveia
1/2 colher de sopa de fermento
compota q.b. (utilizei compota de maçã)
1/2 chávena de chá de leite
1/2 chávena de chá de água

Preparação
Misture todos os ingredientes, excepto os flocos, desfazendo a margarina por forma a que o preparado fique arenoso. Junte os flocos de aveia. Coloque metade do preparado numa forma de abrir. Cubra com uma camada de compota e, por cima desta, deite o resto do preparado. Regue o bolo com uma mistura em partes iguais de leite e água (uma chávena de chá). Leve a cozer no forno à tempertaura mínima, durante cerca de 50 minutos.

(acrescentei amêndoas laminadas e sementes de chia)

Que seja uma inspiradora estação!! :-)


22 de setembro de 2014

Por estes dias...

Por estes dias... ou melhor, alguns momentos do nosso fim-de-semana…


Onde se incluem, o início de novos projectos


E experiências culinárias… - Espetadas de Tofu e Vegetais

Boa Semana!! :-)

20 de setembro de 2014

Novos projectos...


Com o aproximar do Outono, volta a vontade de pegar em agulhas e lã, iniciar novos projectos, tentar colocar novas ideias em prática e criar algo… E este ano, comecei por uma brincadeira!
Desde muito nova sempre gostei de fazer a roupa dos meus bonecos, como tal, resolvi aumentar os acessórios de um dos (maravilhosos) bonecos criados pela Matilde Beldroega. O boneco Filipe ganhou uma nova touca, igualzinha à original, que eu lhe tinha feito há alguns anos. :-)
E inspirada no excelente trabalho da Matilde, resolvi iniciar um novo projecto, uma nova touca para o Filipe, o mais semelhante possível à que o seu boneco tinha inicialmente.


8 de setembro de 2014

1 de setembro de 2014

Final do dia...

É verdade que não tenho captado muitos.
Mas, este fim-de semana assistimos a um digno de entrar na categoria... :-)


Fim-de-Semana...

O último fim-de-semana de Agosto foi dedicado à preparação de trabalho (para enviar) dos Five Photography, a passeios pela Vila, experiências culinárias, momentos de arrumação e novas leituras...

Bem-vindo Setembro!!





A experiências culinárias foram - Salada de Quinoa e Pesto de  Brócolos e Nozes - inspirações daqui

A nova leitura é "Os Criadores da Pena - D. Fernando II e a Condessa d'Edla", Margarida Magalhães Ramalho

Vistas Antigas...